A CASA DE MEU PAI

Categorias: Palavras do Pastor

casa1
Quando pensamos na casa de nossos pais, vem a lembrança de quando éramos crianças e das muitas alegrias que tivemos lá. Agora, Jesus usa duas vezes esta expressão, se referindo à casa de Deus celestial e à casa de Deus terrena.

A primeira delas é a casa de meu Pai terrena, veja: “E disse aos que vendiam pombos: Tirai daqui estes, e não façais da casa de meu Pai casa de venda” (João 2:16). A Casa de Deus aqui era o Templo. Os religiosos daqueles dias estavam aproveitando o espaço da casa de Deus para venderem bois, ovelhas, pombos, e ainda tinham os cambiadores assentados.

Jesus deixa bem claro que a casa de Deus não é uma casa de vendas. Ela precisa ser conhecida como casa de oração, veja: “… A minha casa é casa de oração; mas vós fizestes dela covil de salteadores” (Lucas 19:46).

A segunda vez que Jesus menciona a casa de Deus é para se referir a casa Celestial, veja: “Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar” (João 14:2). Uma lição muito importante que Jesus ensina aqui, é que na casa de Deus há espaço para todos, pois há muitas moradas.

Hoje, estamos vivendo o período em que a humanidade mais está sofrendo com a ansiedade e com a depressão. Estas duas enfermidades estão ligadas as nossas emoções, e emoções na Bíblia está ligado ao coração. Por isto, Jesus disse: “NÃO se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim” (João 14:1). A agitação, a preocupação e a insegurança fazem com que o coração se turve, isto é, as emoções se agitam, perturbam, desassossegam, escurecem e titubeiam.

A Bíblia já nos ensinou o que fazer diante de tais situações, precisamos colocar tudo diante de Deus em oração, veja: “Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças” (Filipenses 4:6).

Agora, quando sabemos na que casa de Deus há lugar para todos, é onde todos os salvos irão habitar, e lá não haverá tristeza, nem morte e Jesus enxugará todas as nossas lágrimas, isto nos trás segurança após a morte.

No entanto, a esperança da casa de Deus também nos trás segurança para o tempo presente, pois não há nada ou ninguém que poderá nos separar do amor que Deus tem pelos seus filhos.

Agora, como você tem cuidado da casa de Deus? E quando foi a última vez que você falou da casa de Deus para um conhecido seu? Não perca tempo e vamos falar da Casa de meu Pai.

Pastor Éverton de Castro

Autor: tbmaparecida