Carta missionária do missionário Pastor Gilberto Marcos e família – Maio de 2021

Categorias: Carta Missionária

Brodowski – SP, Maio de 2021.

m106

 

De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus” (Romanos 10:17)

 

Amados irmãos e parceiros de apoio no ministério,

É com muita alegria que vos escrevo relatando sobre o trabalho de plantação da Igreja batista Tabernáculo aqui na cidade de Brodowski SP.

Deus tem nos sustentado de forma admirável. São muitas as bênçãos que temos para contar, pois apesar de toda tristeza que ainda temos devido à perda da nossa filha primogênita, Paloma, a experiência que temos tido com Deus é excepcional. Sentimos Jesus nos carregando em seus braços.

Com o aumento de casos de Covid em nossa cidade e região nesta pandemia, estamos limitados em realizar algumas das atividades que temos em mente, como trabalho infantil, através do qual temos a possibilidade de alcançar muitas famílias.

Também os nossos cultos, por serem em local fisicamente pequeno tem sido prejudicados com uma baixa frequência. Atualmente estamos apenas com nossa família, e as famílias do irmão Carlos Nunes e irmão Paulo, e outros mais esporadicamente. Como disse, pelo espaço, seria difícil ter mais pessoas e cumprir o distanciamento. Quem tem nos auxiliado alguns domingos por mês é o irmão José Vicente Guedes e sua família, que vem de Batatais para apoiar-nos.

Obedecendo a certos protocolos, temos distribuído folhetos durante a semana. Neste período tivemos quatro conversões: Jose Oliveira, Senhor Faria, Dona Clara e Dona Claudete. Quase todos os bairros já foram cobertos pela nossa distribuição de folhetos.

Estamos, também, com um projeto de implantar o sustento de missões em nossa igreja. A cada mês tem sido recolhido a Promessa de Fé, para termos um caixa e adotar, no mínimo quatro missionários pelos quais estamos orando.

Agradeço pelas orações e contribuições, pelos irmãos que tiveram ao nosso lado em um momento difícil. Nosso pedido especial é pela salvação de Almas aqui em Brodowski, e pela firmeza dos irmãos que já foram salvos. Também o sustento financeiro ainda está muito aquém do necessário, pois tivemos que interromper a divulgação durante todo este longo período de pandemia. Orem pela minha esposa, Cleusa, fiel ajudadora, e pela filha Patrícia, companheira de todos os momentos no ministério.

No amor de nosso Senhor, Jesus.

 

Missionário – Pr. Gilberto Marcos Mota Basílio

(AMI – Associação Missionária Independente)

Autor: tbmaparecida